Pular para o conteúdo

Qual o custo de vida de um estudante na Espanha?

    Descubra o custo de vida na Espanha como estudante internacional e aproveite dicas valiosas para diminuir seus gastos diários!

    Estudar na Espanha é, sem dúvidas, uma experiência enriquecedora que proporciona não apenas aprendizado acadêmico, mas também uma imersão em uma nova cultura e estilo de vida. 

    Além das universidades renomadas e da rica herança cultural, muitos consideram a Espanha um dos melhores destinos na Europa para estudantes internacionais, dado seu custo de vida relativamente acessível em comparação com outros países do continente. 

    Neste blog, exploraremos o custo de vida de um estudante na Espanha, abordando os principais aspectos financeiros e oferecendo dicas sobre como economizar dinheiro durante essa experiência internacional. Confira!

    PRINCIPAIS VARIÁVEIS DO CUSTO DE VIDA NA ESPANHA 

    1. ACOMODAÇÃO

    Uma das questões mais importantes a considerar ao planejar sua aventura educacional na Espanha é a acomodação. Felizmente, o país oferece opções que se adéquam a diferentes orçamentos.

    Tipos de Acomodação para Estudantes na Espanha

    Residências Estudantis

    As residências estudantis são uma opção popular e oferecem a conveniência de viver próximo ao campus universitário, além de proporcionar um ambiente de convivência com outros estudantes.

    Algumas universidades têm suas próprias residências estudantis, como a Universidade Autônoma de Madri, enquanto outras têm parcerias com instalações externas.

    Custo: o custo das residências estudantis pode variar conforme a localização e as comodidades oferecidas. Como referência, o preço mensal pode ir de 500 a 900 euros, segundo Business Insider, dependendo da cidade e da qualidade da residência.

    Apartamentos Compartilhados

    Alugar um apartamento com outros estudantes é outra opção popular e, por vezes, mais acessível. 

    Compartilhar um “piso” permite que você divida os custos de aluguel e despesas domésticas, tornando-o uma opção mais econômica em comparação com acomodações individuais.Custo: como para as residências estudantis, o custo de um apartamento compartilhado varia amplamente, dependendo da cidade, localização, tamanho e número de companheiros de quarto. Os preços variam de 180 a 600 euros por mês, aproximadamente.

    Aluguel de Quartos

    Alugar um quarto em um apartamento ocupado por famílias locais ou outros estudantes também é uma opção viável. 

    Além de ser mais acessível do que alugar uma acomodação inteira, essa opção oferece a oportunidade de interagir e conviver com moradores nativos.

    Custo: o aluguel de um quarto geralmente varia entre 150 e 400 euros por mês, dependendo da localização.

    Aluguel de Apartamentos Inteiros

    Alugar um apartamento inteiro ou um estúdio também é uma opção. No entanto, trata-se de um processo um pouco mais burocrático, a depender da cidade e do tipo de contratação: por intermédio de uma imobiliária ou diretamente com o proprietário.

    Custo: o aluguel de apartamentos de um quarto ou estúdios pode variar consideravelmente segundo a região. Em Madri, é possível encontrar opções mais afastadas do centro por 650 €, enquanto em Santiago de Compostela, opções próximas ao centro podem ser encontradas a partir de 420 €.

    Dicas para Economizar em Acomodação
    • Pesquisa antecipada: comece a procurar acomodação assim que souber que será aceito na universidade. Quanto mais cedo você pesquisar, mais opções acessíveis poderá encontrar.
    • Localização: escolha uma acomodação que seja acessível, mas também leve em consideração a proximidade do campus universitário e das principais áreas da cidade.
    • Considere as despesas incluídas: ao comparar os preços das acomodações, considere despesas como água, eletricidade e internet. Isso pode afetar significativamente o custo total.
    • Avalie as comodidades: considere o custo-benefício das comodidades oferecidas, como serviços de limpeza, lavanderia e segurança.
    • Busque informações da universidade: verifique se a universidade oferece acomodações específicas para estudantes internacionais, pois essas opções podem ser mais convenientes e acessíveis.

    2.  ALIMENTAÇÃO

    A Espanha é conhecida por sua rica e deliciosa culinária, proporcionando uma experiência gastronômica incrível a seus visitantes. Contudo, também é importante entender os custos associados à alimentação no país durante sua estadia como estudante. 

    Gastos Médios com Alimentação na Espanha

    Os custos de alimentação podem variar dependendo da cidade em que você estuda, do seu estilo de vida e das suas preferências alimentares. Mas, para te ajudar a estimar gastos, pesquisamos os valores médios de algumas refeições. Dá só uma olhada!

    Refeições Fora: comer fora (refeições simples) em restaurantes locais ou cafés pode custar de 7 a 15 euros, por refeição. Considerando três refeições por dia, isso pode totalizar cerca de 630 a 1350 euros por mês.

    Supermercado: fazer compras em supermercados e cozinhar em casa é geralmente mais econômico. O custo mensal de mantimentos pode variar de 150 a 300 euros, dependendo dos hábitos e preferências alimentares.

    Lanches e café: gastos com lanches e café ao longo do dia nas lanchonetes das universidades podem somar mais 100 a 200 euros por mês.

    Restaurante universitário: muitas universidades oferecem a comodidade dos restaurantes universitários, onde é possível comer bem e de forma econômica.

    Na Universidade de Salamanca, por exemplo, é possível almoçar pagando apenas 5,66 € pela refeição. Já na Universidade de Sevilha, o menu com primeiro e segundo prato, mais uma fruta, custa em média 4,20 €.

    Dicas para Economizar com Gastos de Alimentação

    • Cozinhe em casa: comprar ingredientes frescos em mercados locais e cozinhar suas próprias refeições pode ser mais econômico do que comer fora regularmente.
    • Explore “menús del día”: muitos restaurantes oferecem “menús del día”, ofertas especiais de refeições a preços acessíveis. Isso pode ser uma ótima maneira de desfrutar de comidas de qualidade a um custo menor.
    • Compre em mercados locais: explore os mercados locais, conhecidos como “mercados municipais” na Espanha. Eles oferecem produtos frescos e algumas vezes mais baratos do que os supermercados.
    • Faça planos de refeições: planeje suas refeições semanalmente e faça uma lista de compras. Isso pode ajudar a evitar gastos desnecessários e garantir que você compre apenas o que realmente precisa.
    • Compartilhe refeições e compras: se você compartilha a acomodação com outros estudantes, considere cozinhar refeições em conjunto e dividir as despesas. 
    • Aproveite ofertas e descontos: esteja atento a ofertas especiais, descontos para estudantes e promoções em supermercados e restaurantes locais.

    3. TRANSPORTE

    Os custos de transporte também podem variar bastante dependendo da cidade em que você estuda, das opções de transporte disponíveis e da frequência com que você se desloca. Aqui estão algumas estimativas:  

    Transporte público: a Espanha oferece um sistema de transporte público eficiente, incluindo ônibus, metrô e trens. Um passe mensal para transporte público pode custar cerca de 20 a 50 euros, dependendo da região.

    Bicicletas: muitas cidades espanholas são amigáveis para bicicletas, oferecendo opções de aluguel e ciclovias. O aluguel de uma bicicleta pode custar entre 10 a 30 euros por mês.

    Táxis e transporte particular: táxis e serviços de transporte particular, como Uber e Cabify, também estão disponíveis na maioria das cidades espanholas. O custo médio de uma viagem de táxi curta pode variar de 5 a 15 euros.

    Dicas para Economizar com os Gastos de Transporte

    • Passe mensal de transporte: se você planeja usar o transporte público regularmente, considere adquirir um passe mensal. Geralmente, sai mais em conta do que comprar bilhetes individuais a cada viagem.
    • Caminhada e bicicleta: explore a possibilidade de caminhar ou andar de bicicleta, especialmente se a sua universidade e acomodação estiverem próximas. Além de serem econômicos, esses meios de transporte também são saudáveis e sustentáveis.
    • Compartilhamento de caronas: se você precisar de transporte particular ocasionalmente, considere compartilhar caronas com amigos ou colegas de classe que estejam indo na mesma direção. Aplicativos como Blá Blá Car também são uma opção. 
    • Descontos para estudantes: muitas cidades e empresas de transporte oferecem descontos especiais para estudantes. Verifique se há passes ou bilhetes com preços reduzidos disponíveis para estudantes e aproveite!
    • Compre bilhetes antecipadamente: se você for viajar de trem ou ônibus para outras cidades, compre os bilhetes com antecedência para obter tarifas mais econômicas.

    4.  LAZER E ENTRETENIMENTO

    Participar de atividades de lazer e explorar a cultura local é uma importante tarefa na vida de um estudante internacional, mas isso também pode ser feito de maneira econômica. 

    A Espanha, com sua rica herança cultural, praias deslumbrantes e animada vida noturna, oferece uma variedade de opções de lazer para estudantes de diferentes perfis.

    Os custos de lazer e entretenimento, assim como no Brasil, podem variar amplamente com base nas atividades que você escolher:

    Cinema e teatro: o custo de ingressos para cinema e teatro na Espanha varia, mas em média, você pode esperar pagar entre 6 a 15 euros por entrada.

    Museus e atrações turísticas: muitas cidades espanholas oferecem descontos especiais ou entrada gratuita para estudantes em museus e atrações turísticas. 

    No famoso “Museo del Prado”, em Madri, por exemplo, estudantes entre 18 e 25 anos não pagam entrada e, além disso, de segunda a sábado, o museu oferece entrada gratuita a todos das 18h00 às 20h00.

    Vida noturna: participar da vida noturna espanhola pode ser uma experiência empolgante, mas também pressupõe um gasto. O custo de entrar em clubes ou bares varia de região para região, com entradas geralmente entre 10 e 20 euros.  

    Passeios e excursões: participar de passeios guiados, específicos para estudantes, ou excursões para explorar a cultura local, geralmente, custa de 10 a 30 euros, dependendo do tipo de atividade.

    Dicas para Economizar em Lazer e Entretenimento

    • Descontos para estudantes: sempre pergunte por descontos para estudantes em cinemas, teatros, museus e atrações turísticas. Apresentar sua identificação estudantil pode render economias significativas.
    • Dias de desconto: muitos lugares oferecem dias específicos da semana com preços reduzidos. Verifique antecipadamente e planeje suas visitas de acordo.
    • Aproveite eventos gratuitos: fique atento a eventos culturais, concertos ao ar livre, festivais e exposições que podem ser gratuitos ou a preços acessíveis.
    • Explorar a natureza: a Espanha oferece belas praias, parques e trilhas. Aproveite para explorar a natureza e fazer atividades ao ar livre gratuitas.
    • Promoções online: verifique sites e aplicativos de descontos locais para encontrar ofertas especiais em restaurantes, atividades e eventos.

    Estudar na Espanha é uma oportunidade única, cheia de vantagens acadêmicas e culturais. Um bom assessoramento é essencial para aproveitar ao máximo essa experiência.

    Não perca a chance de uma consulta gratuita para começar sua jornada educacional na Espanha com sucesso: http://bit.ly/48OEyVq