Pular para o conteúdo

Como estudar na Espanha sendo brasileiro?

    Descubra os caminhos e dicas para estudar na Espanha sendo brasileiro e viva uma experiência internacional única!

    Estudar no exterior é uma experiência enriquecedora que proporciona não apenas conhecimentos acadêmicos, mas também uma imersão em uma nova cultura, brindando a oportunidade de ampliar horizontes.

    Nos últimos anos, a Espanha tem se tornado um destino popular entre estudantes brasileiros, tanto devido à sua reputação acadêmica quanto ao seu clima agradável e cultura receptiva.

    Por isso, é normal surgir a dúvida: como estudar na Espanha sendo brasileiro? Como para quase tudo na vida, não existe uma resposta única e padrão para todos. No entanto, ao longo deste blog te daremos algumas dicas e passos necessários para embarcar rumo à terra de Cervantes como um aluno internacional. Confira!

    Pesquise as opções de universidades e cursos

    Você não tem cidadania espanhola? Sem problemas! Saiba que é possível estudar na Espanha sendo brasileiro ou, inclusive, tendo dupla nacionalidade de outros países da União Europeia. 

    O primeiro passo (indispensável) é pesquisar as opções de universidades e cursos disponíveis no país. 

    De modo geral, a Espanha abriga uma ampla gama de universidades, cada uma com sua própria reputação, especialidades e ambientes acadêmicos. 

    Dessa forma, comece pesquisando as principais instituições do país, como a Universidade de Barcelona, a Universidade Autônoma de Madrid, a Universidade de Santiago de Compostela, entre outras. 

    Faça uma lista das universidades que chamam sua atenção e que oferecem cursos relacionados à sua área de interesse.

    Uma vez com a lista inicial de universidades em mãos, analise os cursos e os requisitos de ingresso.  

    Adicionalmente, confira se a instituição possui um bom histórico acadêmico na área que você pretende estudar.

    A reputação do centro de ensino é um fator importante a ser considerado ao fazer sua escolha. Pesquise sobre a posição da universidade em rankings acadêmicos nacionais e internacionais. 

    Por fim, considere a localização da universidade. Já pensou se você prefere estudar em uma cidade grande e movimentada, como Madrid ou Barcelona, ou se prefere uma cidade menor, como Granada ou Alicante?

    Leve em consideração o tamanho da cidade, o estilo de vida, a cultura, as oportunidades de emprego e as atividades extracurriculares disponíveis em cada uma. Pense sobre qual ambiente se alinha melhor com seus interesses e objetivos pessoais.

    Vestibular na Espanha

    Embora algumas universidades da Espanha possam ser acessadas sem a necessidade de que o aluno passe por um vestibular, uma parte significativa exige que o interessado seja examinado por uma das avaliações oficiais disponíveis no país. 

    Em nosso blog EBAU e PCE você fica por dentro de todos os detalhes relacionados a fazer faculdade na Espanha por meio dos vestibulares. Acesse!

    Aprenda espanhol

    Aprender espanhol é um passo crucial e altamente vantajoso para estudar na Espanha sendo brasileiro. 

    Ao aprender o idioma local, você abre as portas para um vasto leque de programas acadêmicos oferecidos nas universidades espanholas, já que muitos dos cursos universitários são ministrados exclusivamente em castelhano. 

    Além disso, aprender a língua do país em que você pretende estudar é uma maneira poderosa de se integrar à cultura local. Ao se comunicar em espanhol, você não apenas quebra barreiras linguísticas, mas também se conecta melhor com os colegas de classe, professores e membros da comunidade acadêmica. 

    E, claro, a fluência em espanhol, ademais de ser valiosa para sua vida acadêmica, é um plus para sua futura carreira profissional. O conhecimento do idioma abre portas para oportunidades de trabalho e estágios no país, aumentando significativamente suas perspectivas de carreira global.

    Exame DELE 

    Além de saber espanhol, muitas vezes é imprescindível comprovar o conhecimento do idioma. Uma das melhores maneiras de alcançar esse objetivo é através do DELE – Diploma de Espanhol como Língua Estrangeira.

    O DELE é um diploma oficial que comprova o nível de proficiência em espanhol para falantes não nativos. É emitido pelo Instituto Cervantes em nome do Ministério da Educação e Formação Profissional da Espanha. 

    Muitas universidades espanholas exigem o certificado como prova de proficiência antes de admitir estudantes estrangeiros em seus cursos. Ademais, mesmo em instituições que não o exigem oficialmente, possuir esse certificado pode melhorar suas chances de ser selecionado para programas concorridos.

    Para saber mais informações sobre o exame e conhecer todos os requisitos, acesse a página oficinal do Instituto Cervantes: DELE

    Pesquise opções de bolsas de estudo 

    Estudar no exterior pode ser caro, mas, felizmente, existem boas opções de bolsas de estudo e programas de financiamento disponíveis para estudantes internacionais.

    Pesquise sobre as bolsas oferecidas pelo governo espanhol, organizações internacionais, embaixadas, etc. 

    Além disso, verifique se existem programas de intercâmbio ou parcerias entre universidades brasileiras e espanholas que possam facilitar o financiamento dos estudos. 

    É interessante ter em mente que cada universidade da Espanha possui seus próprios requisitos de admissão e também programas próprios de bolsas e ajudas universitárias

    Nesse sentido, verifique o site oficial da universidade ou entre em contato com o departamento de admissões para obter informações detalhadas sobre os documentos necessários, os prazos de inscrição e os critérios de seleção.

    Lembre-se que o custo de vida na Espanha pode variar conforme a cidade. Por isso, considere cuidadosamente o orçamento que você tem disponível e verifique se ele é viável para viver em determinada região. Leve em conta despesas como alojamento, alimentação, transporte, material didático e afins 

    Estudar na Espanha sendo brasileiro é um objetivo mais do que possível. O planejamento estratégico é a chave!

    Obtenha um visto de estudante

    Após ser admitido em uma universidade espanhola, será necessário solicitar um visto de estudante no consulado da Espanha correspondente ao seu Estado de residência. 

    Documentos necessários 

    • Passaporte válido: o passaporte deve ter validade durante todo o período planejado para o estudo na Espanha;
    • Carta de matrícula: tenha em mãos a carta assinada pela instituição de ensino em que você irá realizar os estudos na Espanha. Algumas informações devem obrigatoriamente constar no documento, como, por exemplo, dados do centro de ensino, data de início e fim do curso, carga horária;
    • Documentos que atestem capacidade financeira: os documentos para comprovação podem ser extratos bancários (carimbados e assinados pelo gerente do banco), imposto de renda, holerites, carta que comprove a obtenção de uma bolsa de estudos, etc;
    • Seguro saúde internacional: contrate um seguro saúde que cubra todo o período de estudo. A comprovação pode ser feita por meio do documento da apólice;
    • Certificado ou histórico acadêmico: alguns consulados exigem documentos que certifiquem a conclusão ou que comprovem estudos em andamento – em ambos os casos, deve-se fazer a legalização da documentação por meio da Apostila de Haia.

    ⚠️ Não se esqueça de fazer fotocópias de todos os documentos originais. 

    Após apresentar a solicitação do visto, aguarde a decisão da autoridade consular. O processo pode levar algumas semanas, portanto, certifique-se de realizar essa etapa com antecedência suficiente para evitar atrasos em seus planos de viagem.

    Enquanto aguarda o resultado, aproveite para se preparar para sua jornada na Espanha. 

    Pesquise sobre a cultura do país, planeje sua acomodação, considerando opções como residências estudantis, apartamentos compartilhados ou aluguel particular, e faça uma lista de itens importantes que você precisará levar consigo.

    Não tenha dúvidas, ao seguir todos esses passos, você estará ainda mais perto de realizar seu sonho de estudar na Espanha sendo brasileiro (com ou sem dupla cidadania). 

    Essa jornada é uma oportunidade de crescimento pessoal e acadêmico, então esteja aberto a novas experiências e aproveite ao máximo tudo o que o país tem a oferecer. Nós do Migra te desejamos boa sorte e sucesso na Espanha!

    Estudar na Espanha é uma oportunidade única, cheia de vantagens acadêmicas e culturais. Um bom assessoramento é essencial para aproveitar ao máximo essa experiência.

    Não perca a chance de uma consulta gratuita para começar sua jornada educacional na Espanha com sucesso: http://bit.ly/48OEyVq